Graal RJ

Manual de Regras 2013 – Versão beta

Livro Antigo

 

 

 

Após muita espera e trabalho duro, entregamos a vocês nosso novo manual de regras, que ainda se encontra em versão Beta!

Antes de se entregarem a essa leitura, temos algumas considerações para sua apreciação.

 

  1. O manual foi revisado,”re- revisado” e revisado novamente. Porém sabemos que muitos encontrarão possíveis correções e pedimos que TODA dúvida ou pedido de correção seja postado AQUI, nos comentários.
  2. Muitas perícias foram alteradas, em tempo hábil vamos esclarecer como devem proceder para se adequarem. Não se desesperem! Nesse momento precisamos da ajuda de toda a comunidade do Graal empenhada em ler e revisar com toda minucia e capacidade que sabemos que possuem.
  3. O material de clã, no final do manual e alguns detalhes de reinos SERÃO editados e regras de como proceder para enviarem material será passado em breve.
  4. As magias ainda serão revistas.

Leiam o manual, peguem a nova planilha. Criem suas personagens e algumas outras, testem exaustivamente. Somente com a ajuda de vocês, chegaremos ao grau de excelência que merecem!

[MANUAL 2013 BETA] E [FICHA 2013 BETA]

 

110 Responses

  1. Kyo Tachibana
    Kyo Tachibana 4 de junho de 2013 at 2:59 |

    Me chamaram a atenção para uma coisa…

    Espírito Guardião
    Esta perícia é característica de personagens que tem uma crença muito forte em alguma força
    superior, ou simplesmente nasceram com poderes fora do comum. Sempre existirão histórias de que
    algo místico protege os personagens que tem essa perícia.

    E agora ANTI MAGIA

    Antimagia
    Esta perícia mostra o quão forte é a convicção de um personagem contra emanações mágicas
    ao ponto de ignorar ou anular esses efeitos.
    Um personagem que compre qualquer nível desta perícia não pode comprar nenhum nível
    das perícias Magia ou Espírito Guardião.

    Força superior, no meu entendimento seria algo relacionado a DEUS ou deuses e poderes fora do comum, seria algo como por exemplo, o mutante dos quadrinhos dos X-MAN o Longshot que o poder mutante dele é a sorte e o Juggernaut (fanatico) Fanatico não é mutante, os poderes dele são mágicos,

    Meu personagem, tem anti-magia, mas não quer dizer que ele não acredite em uma força superior, meu personagem é devoto de Amaterasu (apesar de não ter deuses no graal) em meus relatos sempre escrevi que tem, e em algumas batalhas devo meu sucesso a ela, enfim…
    E ai agora vem eu tenho anti-magia, mas remodelando a minha ficha com as regras do novo manual, comprei com pontos que sobraram sorte, mas não tinha lido que não poderia caso tenha anti-magia, mas no caso, o espirito guardião relata que ou é uma crença muito forte ou ele nasceu com poderes fora do comum, e pensando em Longshot dos X-man comprei sorte, ate porque pra mim sorte é algo do acaso, não necessariamente é algo magico como os poderes do Fanático, nada impede que eu acredite que Amaterasu me ajude a fazer com que meu oponente erre um golpe em mim, dai eu falo, SORTE, sempre pensei que a grande deusa me protegia de ataques mágicos.
    Mas respeitando a regra de anti-magia, eu nunca recebi uma cura magica por exemplo, MAS ja tomei dano de magia em temática. e ai? como faz?

    Reply
    1. Raoni "Galáfar"
      Raoni "Galáfar" 4 de junho de 2013 at 10:54 |

      Opa, respondi aí em baixo (esqueci de clicar em “responder” =P )

      Reply
  2. Raoni "Galáfar"
    Raoni "Galáfar" 4 de junho de 2013 at 10:52 |

    Regra é regra, e a regra diz que se você compra anti-magia não pode comprar nenhuma perícia da escala Espírito Guardião. Tome cuidado para não tomar as suas próprias decisões e acabar se confundindo, para que não aconteça como no último jogo e você acabe se enganando quanto às perícias que possui, parceiro.

    Eu gostei desse seu questionamento. Acho que podemos trabalhar melhor a escala de anti-magia para deixá-la como antítese apenas da escala de Magia, podendo o “anti-mágico” comprar perícias da escala de Guardião normalmente, conforme o seu exemplo.

    Na verdade eu achei esse questionamento tão interessante que vale mais do que uma simples resposta aqui. Acho que o André poderia abrir um post novo só para discutir isso, para que todos possam vê-lo e dar uma opinião.

    De qualquer forma eu acho o seguinte: essa é uma mudança grande, que deve vir unida com a reformulação de uma escala de perícias. Sendo assim, dificilmente ela será feita agora, já para o próximo jogo, e se tiver que ser mudada deve ficar para a próxima atualização do manual (ano que vem). por isso por enquanto devemos todos respeitar as regras vigentes, por mais que elas estejam sendo revisadas ou não.

    Reply
  3. Philipe DuLac
    Philipe DuLac 4 de junho de 2013 at 16:38 |

    Artífice na ficha:

    A perícia Artífice tá com quantidade de pontos na ficha diferente do manual. Cada nível, na ficha, já está exibindo o total somado do manual.

    No manual, os valores são:

    Avaliar 1; Consertar 2; Construir 3; Falsificar 4
    Totalizando 10 pra comprar a escala toda.

    Na ficha estão
    Avaliar 1; Consertar 3; Construir 6; Falsificar 10
    Totalizando 20 (!!!) pra comprar a escala toda.

    Armadura e peso:

    O peso máximo das armaduras está diferente do máximo de pontos que ela pode oferecer no texto explicativo. (Nível 4, só poderia oferecer até 4 de bonus. 2,5kgx4 = 10kg. Não 15 como está escrito.)

    Reply
    1. Raoni "Galáfar"
      Raoni "Galáfar" 5 de junho de 2013 at 10:12 |

      Valeu, acertei tudo! =D

      Reply
    2. Raoni "Galáfar"
      Raoni "Galáfar" 5 de junho de 2013 at 10:17 |

      Não, pera….. na questão das armaduras, tá tudo certo. Não diz que no nível quatro o máximo de bonus por peso seria quatro (somando 8 no total). Pelo que eu entendi, se o cara tem o nível 4 e uma armadura de 15 Kg ele vai ter 10 pontos de proteção mesmo o.O

      Reply
      1. Philipe DuLac
        Philipe DuLac 5 de junho de 2013 at 11:39 |

        Ah, foi mal, eu que li errado. Entendi que o bônus máximo era igual ao nível!

        E quanto a artífice? O custo verdadeiro que ficou é o do manual mesmo ou o da ficha?

      2. Raoni "Galáfar"
        Raoni "Galáfar" 5 de junho de 2013 at 11:41 |

        O do manual, o do manual, VISH, tá doido

  4. Raiza Maia
    Raiza Maia 4 de junho de 2013 at 19:49 |

    Oi,
    Gostaria que melhor explicassem no guia o que significa esse “nivel de mana”, pois ficou um pouco confusa essa parte.
    flw

    Reply
    1. Robert (Ravi)
      Robert (Ravi) 4 de junho de 2013 at 23:40 |

      Raiza,

      Até onde eu sei, o nível de mana equivale a quantas vezes você comprou “Mana”. Comprou uma vez = nível 1, comprou duas vezes = nível 2, e por aí vai…

      Pode me apontar onde exatamente ficou confuso?

      Reply
      1. Raiza Maia
        Raiza Maia 7 de junho de 2013 at 20:35 |

        Quando diz no 2º paragrafo de mana: “Cada Nível na perícia concede ao personagem 1 ponto de mana.”
        Você quer dizer vai aumentando 1 por 1 de mana, e quando tiver 6 manas e for comprar a 7ª tem que gastar 3 pontos pra 1 mana só? e depois que chegar no “nivel” 20, como faço pra ter mais mana?
        E de acordo com a ficha do excel eu vou ter gasto 69 pontos pra ter 20 manas. Isso não ta meio exagerado não?

        Eu penso que as manas podiam ter um valor fixo a partir de certo nivel, pq senão chega as valores bem intensos.

      2. Robert (Ravi)
        Robert (Ravi) 9 de junho de 2013 at 10:31 |

        Raiza, vou te responder por partes:

        “Quando diz no 2º paragrafo de mana: “Cada Nível na perícia concede ao personagem 1 ponto de mana.”
        Você quer dizer vai aumentando 1 por 1 de mana(…)”

        Sim. Cada vez que você compra “mana”, sua mana total aumenta em um ponto.

        “(..) e quando tiver 6 manas e for comprar a 7ª tem que gastar 3 pontos pra 1 mana só?”

        Na verdade, do segundo ao quinto nível de mana o custo é 2 por nível. Você paga 3 pontos a partir do sexto nível, não do sétimo.

        “E depois que chegar no “nivel” 20, como faço pra ter mais mana?”
        Existe uma progressão nos exemplos dados do manual:

        Custo: No primeiro nível custa 1 ponto, do nível 2 ao 5 custa 2 pontos cada nível, do 6 ao 10 custa 3 pontos cada nível, do 11 ao 15 custa 4 pontos cada nível e por ai segue.

        16-20 = 5 pontos por nível, 21-25 = 6 pontos por nível, e assim sucessivamente.

        O motivo pelo qual não existe mana além de nível 20 na ficha nova é porque ninguém chegou perto desse nível.

        “E de acordo com a ficha do excel eu vou ter gasto 69 pontos pra ter 20 manas. Isso não ta meio exagerado não?”

        Compare com as regras de mana do manual antigo:

        Nível 1: 1 ponto
        Nível 2: 5 pontos(total: 6)
        Nível 3: 10 pontos(total: 16)
        Nível 4: 15 pontos(total: 31)
        .
        .
        .
        Nível 10: 20 pontos(total: 136!)
        __

        O sistema de magias do Graal foi criado de forma a recompensar o esforço árduo dos magos para ganhar pontos de experiência, simulando o estudo constante que um mago de fantasia tem que realizar para desenvolver o seu poder. O novo manual torna esse esforço algo bem mais simples do que era antigamente. Levando em conta que antes para se ter dez manas era necessário gastar 136 pontos, então não, não acho que 69 pontos por mana nível 20 esteja caro.

        “Eu penso que as manas podiam ter um valor fixo a partir de certo nivel, pq senão chega as valores bem intensos.”

        Isso é proposital. Quanto mais se avança nas artes arcanas, mais difícil é prosseguir. Se não fosse assim, nada impediria um mago de comprar uma quantidade absurda de manas, e se tornar uma metralhadora de magias nível baixo…

  5. Peregrino
    Peregrino 4 de junho de 2013 at 21:43 |

    Precisamos de uma coisa no manual, o CUSTO, acho que tem que estar tambem quanto custa cada habilidade pra uma contagem sem precisar abrir a planilha…

    Reply
    1. Robert (Ravi)
      Robert (Ravi) 4 de junho de 2013 at 23:53 |

      Hm… mas o custo está ao lado das perícias.

      Reply
      1. Peregrino
        Peregrino 5 de junho de 2013 at 10:19 |

        é falei besteira…

  6. Robert (Ravi)
    Robert (Ravi) 11 de junho de 2013 at 21:14 |

    Descrição da magia conter:

    “Conter
    N 1
    Carga de mana deve atingir o alvo. O alvo não poderá se mover (como se estivesse hesitando).
    A magia dura enquanto o mago se concentrar, ou de alguma forma simular tirar a atenção do alvo
    (como dançar). Falar é permitido.”

    Erro de digitação, é “similar” ao invés de “simular”.

    Reply
    1. Robert (Ravi)
      Robert (Ravi) 11 de junho de 2013 at 21:19 |

      Ah, e sugiro trocar o final por “ou de alguma forma parar de se concentrar no alvo(por exemplo, dançar). Falar é permitido”.

      Na descrição atual, parece que a magia é quebrada se você distrair a vítima, e não o mago que usou a magia.

      Reply
  7. Philipe
    Philipe 12 de junho de 2013 at 12:51 |

    O estilo de combatecom duas adagas sumiu? Pena, ele era simpático. Pobres ladinos.

    Reply
  8. Thaís
    Thaís 12 de junho de 2013 at 20:56 |

    Posso estar errada, mas RPG normalmente é role-playING games. Pag. 5, item 2 – jogo ao vivo.

    Um personagem com 0 pontos de vida que acorde pode se curar caso consiga amarrar sozinho as fitas do braço?

    Pág. 11 Observações: (antes de 4. Magias)
    Sem acento: média / história / específico / história / específico / perícia

    Pág.17 Orcs
    Sem acento: humanóides (4o parágrafo)
    Com acento: possui (4o parágrafo)

    Reply
  9. Caio
    Caio 21 de junho de 2013 at 13:53 |

    Onde na ficha ficam as armas lançáveis?

    Reply

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.